Noticiário Ubuntu Games

Tudo sobre notícias, novidades, lançamentos, dicas e curiosidades dos jogos nas distribuições Gnu/Linux.

Vírus que atacam o Windows mas não o Linux

Todo mundo teme ser infectado por vírus e perder dados importantes do computador. Essa situação chata é, ainda bem, bastante remota quando falamos do nosso Linux, mas para ser solidário com os usuários de Windows, que tal relembrar um histórico dos maiores estragos causados por malwares?

A lista é clássica, possui cases mais antigos, justamente em uma época em que os computadores eram ainda mais vulneráveis. Atualmente, existem programas que protegem bem a máquina, mas mesmo assim um estudo (providenciado por este site de antivirus gratuito) aponta que até mesmo baixando antivírus grátis online, seu computador pode estar vulnerável. Portanto, fique sempre atento:

I Love You (2000): Talvez o pioneiro em usar o e-mail para infectar computadores. O I Love You passava uma mensagem com teor romântico com um arquivo executável em anexo. Ao rodá-lo, o vírus se espalhava, roubando dados e repassando o mesmo e-mail para a lista de contatos. Causou prejuízo de US$ 15 bilhões no mundo e infectou 500 mil PCs.

Code Red (2001): Afetou o Windows NT e o Windows 2000. O vírus agia diretamente nas máquinas que hospedavam sites e arquivos com esses sistemas operacionais. O resultado foram sites derrubados e ações de hackers. Até o site da Casa Branca, dos Estados Unidos, não escapou.

Slammer (2003): Afetou conexões do mundo inteiro, já que agia diretamente nos hosts. Diversos sites foram derrubados e muitas empresas e residências perderam muita velocidade até que o vírus fosse encontrado. Também era chamado de Sapphire.

Sobig.F (2003): Outro vírus que agia por e-mail. Após ser executado, o malware atacava diretamente a caixa de entrada do usuário, disparando uma larga quantidade de e-mails para o mesmo endereço. A bomba de mensagens travava o servidor, o computador e até derrubava o sistema.

 

MyDoom (2004): Encerra a lista sendo mais um vírus no e-mail. Foi muito temido pois roubava toda caixa de entrada de quem utilizava o Outlook. Sendo assim, muitos ficaram expostos tendo mensagens pessoais expostas por aí.

Hits: 3021
Avalie esta postagem
5 votos

Comentários